A Sessão Solene de abertura da Campanha da Fraternidade de 2011, realizada na Alerj na última sexta-feira (08/04) por iniciativa do Deputado Robson Leite, foi um sucesso! Com um plenário lotado, o evento, que contou com a participação de representantes da Igreja, da sociedade civil e de estudiosos, conseguiu trazer para a Assembleia o debate sobre a situação ambiental de nosso Estado, tema da Campanha deste ano.

A atividade foi oficialmente aberta com o Hino Nacional e o Hino da Campanha da Fraternidade 2011, cantado pelo Coral da Comlurb – que foi muito aplaudido.

Dom Orani, Arcebispo do Rio de Janeiro, explicou que o tema da Campanha é escolhido com uma antecedência de dois anos, e é fruto de uma reivindicação social. A expectativa é de que a campanha possa influenciar ações práticas, e que seja capaz de gerar uma maior conscientização na sociedade.

Tião Santos, presidente da Associação de Catadores do Jardim Gramacho, falou sobre sua experiência com a questão do tratamento de resíduos, e sobre a importância do tema. Representando a sociedade civil organizada, mostrou como a determinação de um grupo pode fazer uma grande diferença no nosso panorama ambiental.

A professora-doutora da PUC-Rio, Valéria Bastos, também abordou a destinação de resíduos e a utilização de aterros sanitários, objeto de seus estudos. E Robson, que presidiu a sessão, destacou em sua fala seu trabalho na Comissão Especial do Comperj, e sua intenção de minimizar os impactos ambientais do projeto da Petrobras.

O Deputado também fez questão de afirmar seu compomisso com a defesa de políticas ambientais para o Estado, que para ele significam compromisso com a vida humana. No fim da atividade, assessores do mandato distribuíram folhetos explicativos, com algumas medidas e projetos de lei ambientais que já foram apresentados por Robson, e com sugestões de como cada um e uma podem transformar individualmente ou coletivamente sua própria realidade ambiental.

Também estiveram presentes no encontro o Bispo auxiliar do Rio de Janeiro, Dom Nelson Francelino, o Bispo auxiliar de Niterói, Dom Roberto Francisco, o coordenador do Programa de Desenvolvimento do Campus Fiocruz da Mata Atlântica, Gilson Antunes da Silva, e o assessor especial do Governo do Estado, Luiz Carlos Pugialli.

Veja aqui as fotos da atividade!

Comments

comments