Já está mais do que na hora deste governo ilegítimo e usurpador acabar! Temos que pressionar os Deputados Federais e Senadores para que isso aconteça o mais rápido possível e que tenhamos eleições diretas para o povo decidir o seu destino. Com o áudio do Sr. MiShell Temer, fica comprovado que esse governo golpista acabou.

Triste realidade a que estamos imersos. Provocaram uma crise no Brasil com o claro objetivo de impor  profundas retiradas de direitos disfarçadas de reformas.

Vamos pressionar! É #ForaTemer e #DiretasJá 

Siga@robsonleite no Twitter
Acompanhe pelo Facebook
Robson Leite no Instagram

A rede de televisão CNBC entrevistou na manhã desta segunda-feira, 22, o diretor de pesquisa macro da América Latina da Oxford Economics, Marcos Casarin, que está baseado em Londres, sobre a situação do presidente do Brasil, Michel Temer, que está no centro da mais nova crise política doméstica. “Poucas pessoas acreditam que ele vai ficar até o fim de seu mandato no final de 2018”, disse, acrescentando que há uma chance de “100%” de ele sair antes do fim do seu mandato. O Broadcast já havia entrevistado Casarin na manhã do dia 18, antes de os mercados brasileiros se tornarem um caos e serem suspensos, com esse prognóstico.

O canal de notícias salienta que Temer tem estado sob crescente pressão para renunciar desde que novas denúncias de corrupção surgiram na semana passada e que manifestantes tomaram as ruas durante o fim de semana. Além disso, mencionou que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) votou para apoiar o impeachment do presidente.

“Ele obviamente vai negar os fatos, mas as gravações são bastante conclusivas e elas foram tornados públicos na noite de quinta-feira e sexta-feira e eu acho que todo mundo teve tempo suficiente para digerir a notícia”, disse Casarin à tevê. A CNBC lembra que Temer assumiu o comando da presidência brasileira após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Fonte: O Estado de São Paulo

Comments

comments