A CNBB – Conferência Nacional de Bispos do Brasil – e a Aliança de Batistas do Brasil vieram a público, em respectivas notas oficiais, para desmentir e denunciar as tentativas de manipulação da opinião pública, que utilizavam falsas alegações de cunho pseudo-religioso para atacar o Partido dos Trabalhadores e a candidata à presidência Dilma Rousseff.

Neste último mês, circulou através da internet uma série de comunicados, compondo uma sórdida campanha de mentiras e calúnias. Usava-se o nome da CNBB e noticiava-se um falso pronunciamento condenando o voto no PT. Outro membro da Igreja Batista utilizava inverdades e alegações mirabolantes – desde questões acerca de pedofilia ou de assassinato de crianças por integrantes dos povos nativos – para buscar atingir o PT e seus candidatos.

Esta intriga ignorou um fato público e notório – os católicos e os cristãos de maneira geral sempre foram maioria no Partido, nas suas bases, nas direções, entre os parlamentares e nos cargos executivos ocupados, a começar pelo Presidente Lula. Exercem enorme influência nos rumos do Partido e na sua ação concreta. São participantes ativos nas transformações em direção a um país mais solidário e menos desigual.

Estão ao lado do povo de Deus que clama por Justiça e reconhecem em Lula o melhor e mais popular presidente de nossa História, responsável pela eliminação do tormento da fome endêmica, pela retirada de 24 milhões de pessoas da miséria, pelo reencontro do país com sua vocação para o desenvolvimento e pelo aumento do emprego e da renda da maioria da população.

A reversão do quadro em que se encontrava o país, o retorno à esperança e à alegria do povo é o verdadeiro saldo da construção do PT, um partido de maioria católica e que no fundamental de seu programa contempla os mais importantes elementos da doutrina social da Igreja. E este é o sentido da Candidatura de Dilma e também da de Robson Leite.

Anexos:

Eleições 2010 – Pronunciamento da Aliança de Batistas do Brasil

Documento da CNBB

Carta de Pablo Meneses

Comments

comments