Alegando agir em nome da soberania do Senado – mas na verdade foi de olho em seus  próprios interesses – os senadores devolveram as funções parlamentares do senador golpista Aécio Neves (PSDB-MG) nesta terça-feira. O placar foi de 44 votos a favor do tucano e 26 contrários. O senador mineiro estava afastado do Congresso Nacional e impedido de deixar sua residência no período noturno desde 26 de setembro.

A chance de punir Aécio, agora, é a representação do PT contra ele, no Conselho de Ética da Casa por quebra de decoro parlamentar.

Vamos pressionar para que essa representação vá a frente…

Siga@robsonleite no Twitter
Acompanhe pelo Facebook
Robson Leite no Instagram

Por 44 votos a 26, o Senado Federal rejeitou a decisão do Supremo Tribunal Federal e devolveu o mandato ao tucano Aécio Neves.

Ele precisava de 41 votos; 28 dos senadores que votaram para livrar Aécio estão sob investigação.

A decisão confirma o roteiro descrito em conversa gravada pelo agora presidente do PMDB, o senador Romero Jucá: um acordão nacional, com o STF, com tudo.

A devolução do mandato a Aécio abre caminho para que o PSDB salve, pela segunda vez, o usurpador Michel Temer, que enfrenta no Congresso uma nova denúncia da Procuradoria Geral da República.

Fecharam questão em defesa de Aécio as bancadas do PMDB, PSDB, PR, PP, PRB, PTC e PROS.

Dez senadores não compareceram, sendo que cinco se posicionaram pela devolução do mandato a Aécio e cinco contra.

“Alguém tem dúvida do acordão?”, escreveu no twitter o senador Lindbergh Farias, do PT. O partido votou de forma unânime para manter a decisão do STF que afastou Aécio do mandato e determinou que ele ficasse longe das baladas.

Aécio foi gravado pedindo R$ 2 milhões em propina ao empresário Joesley Batista. A Polícia Federal filmou a entrega das malas de dinheiro.

A possibilidade de Aécio retomar o mandato só foi possível depois que o STF, por 6 a 5, com o voto decisivo da presidente Carmen Lúcia, decidiu que caberia, sim, ao Congresso, revisar as decisões da corte sobre punição a parlamentares.

Leia mais em: http://www.viomundo.com.br/politica/com-44-votos-senado-rejeita-decisao-do-stf-e-permite-a-aecio-neves-retomar-o-mandato.html

Fonte: Viomundo

Comments

comments