Começa muito mal o Governo Crivella no Rio. Depois de nomear pessoas com ficha-suja e ter que voltar atrás, o prefeito agora simplesmente pratica nepotismo ao nomear o filho para chefiar a Casa Civil. Triste realidade, mas ao que parece a lógica de “cuidar das pessoas” e de cortar cargos para livre nomeação ficou só no discurso de campanha. Durante o governo a prática é outra…

Siga @robsonleite no Twitter
Acompanhe pelo Facebook
Robson Leite no Instagram

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), nomeou seu filho – Marcelo Hodge Crivella – para assumir a Secretaria Municipal da Casa Civil. A nomeação saiu no Diário Oficial desta quinta-feira (2), mas tem validade desde quarta-feira (1º). O filho do chefe do executivo assume a secretaria no lugar de Ailton Cardoso da Silva, que foi nomeado chefe de gabinete do prefeito. 

Crivella já tinha feito outras nomeações polêmicas, como a do bispo Jorge Braz de Oliveira, da Igreja Universal, para o Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, o Procon carioca. Na campanha, o prefeito disse que não iria nomear membros da igreja.

O gestor também nomeou o delegado federal Bráulio do Carmo Vieira de Melo como titular da Coordenadoria Especial de Transportes Complementares, que integra a Secretaria Municipal de Ordem Pública da cidade. Melo responde a um processo criminal por emprego de arma de fogo e uso restrito. Ele foi exonerado dias depois.

Fonte: Brasil 247

 

Comments

comments