Esse meu texto escrito em dezembro de 2013 é bastante atual. Já apontava alguns problemas que levariam ao triste momento em que vivemos de retrocessos e retiradas de direitos como consequência de um golpe dado contra o povo brasileiro.

Vale a pena a leitura e o compartilhamento…

E sigamos ainda mais juntos em 2017…

—————————-
A verdadeira generosidade é aquela que move o espírito de partilha. Esse é um dos valores da esquerda: acabar com as desigualdades. Infelizmente, o egoísmo de alguns faz de tudo para impedir isso…

Outro dia, um amigo me ligou revoltado criticando o Bolsa Família porque viu uma pessoa pobre comprando um lanche no McDonald’s para os filhos com dinheiro do programa. Argumentou, inclusive, que aquela comida fazia mal e que o dinheiro seria melhor gasto se fosse utilizado para comprar mantimentos em supermercados. Depois de muito ouvir, apenas perguntei onde e com quem ele estava quando viu essa família comprando o lanche no McDonald’s.

– “Na lanchonete com os meus filhos” , respondeu ele. O bacana da história foi quando ele se tocou que havia um tremendo preconceito na crítica dele, afinal de contas, aquele tipo de comida também fazia mal para os seus filhos.

Não considero “padrão de consumo” algum tipo de elemento de realização ou ascensão social. Inclusive, sou um profundo crítico ao McDonald’s, onde já até protocolei um pedido de CPI para investigar trabalho escravo – aguardando até hoje na fila de CPI’s da Alerj. Mas boa parte dos críticos das políticas sociais de transferência de renda e redução das desigualdades têm, na verdade, o egoísmo como pano de fundo.

Não queremos acabar com as riquezas, mas apenas melhor distribuí-las.

Feliz ano novo para todas e todos!

Comments

comments