A gestão irresponsável do PMDB faliu o nosso estado!

O governo deve concluir até o fim da semana que vem mais um pacote de ações para desmontar o Estado retirando serviços essenciais à população e prejudicando ainda mais o Servidores Públicos. Entre as medidas discutidas, segundo fontes do Palácio Guanabara, consta a implementação de um programa de demissão voluntária. Só que, sem dinheiro em caixa, o estado busca fontes de recursos para pagar indenizações aos servidores que aderirem ao plano. O pacote deve ser anunciado até o dia 20.
A responsabilidade dessa crise foi a equivocada política de isenções fiscais do PMDB do RJ dada às empresas daqui sem nenhuma contrapartida. Foram 126 bilhões de reais em oito anos. Se olharmos para o rombo do nosso Estado de 18 bilhões, fica claro onde está o problema: na gestão temerária desse governo Cabral/Pezão/Dornelles.

Além disso, em 2013, quando era deputado estadual, eu denunciei na imprensa (http://oglobo.globo.com/rio/alerj-aprova-antecipacao-de-48-bilhoes-dos-royalties-para-financiar-rioprevidencia-11105666) outro problema que acarretaria essa situação em que nos encontramos hoje: a antecipação dos Royalties do petróleo que, feita naquele momento, provocaria uma enorme perda de arrecadação futura e com elevado desagio que traria sérios prejuízos ao Estado do RJ.

Infelizmente o Governo não me ouviu e esse projeto foi levado à frente e aprovado na Alerj, mesmo com o nosso voto contrário. Quem perdeu com isso foram os servidores, os aposentados e, claro, quem vive no RJ.

Mais em: http://oglobo.globo.com/rio/estado-deve-lancar-programa-de-desligamento-voluntario-cortar-ate-50-das-secretarias-20258517
Fonte: O Globo

Acompanhe a nossa luta curtindo a nossa página.
E vamos juntos construir um novo amanhã no Rio.

entenda-a-crise-do-estado_curvas-desk

Comments

comments