A conta da irresponsabilidade do (des)governo Cabral/Pezão/Dornelles chegou e vai acabar com o nosso estado!

O espectro das empresas beneficiadas pelas isenções fiscais concedidas pelo Governo do Estado é mais amplo e variado do que se supunha.

Apontadas por especialistas e políticos como um dos principais fatores que levaram ao atual caos financeiro fluminense, o benefício também foi concedido às termas Solarium, na Lagoa, e Monte Carlo, em Copacabana – entre 2008 e 2013, os benefícios concedidos pelo executivo estadual chegaram a R$ 1,8 milhão.

A responsabilidade dessa crise foi a equivocada política de isenções fiscais do PMDB do RJ dada às empresas daqui sem nenhuma contrapartida. Foram 126 bilhões de reais em oito anos. Se olharmos para o rombo do nosso Estado de 18 bilhões, fica claro onde está o problema: na gestão irresponsável desse governo Cabral/Pezão/Dornelles.

Temos que pressionar, pois essa gestão irresponsável acaba dia a dia com o nosso estado.

Acompanhe a nossa luta curtindo a nossa página.
https://www.facebook.com/robsonleiteprofessor/

E vamos juntos construir um novo amanhã no Rio!

Comments

comments