Os médicos do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB) denunciaram as condições de funcionamento e atendimento da unidade em carta aberta à população, em que apontam diversas irregularidades no funcionamento do hospital, como falta de médicos e má gestão.

Na carta, os profissionais criticam a demissão do diretor da Divisão de Emergência do hospital, Julio Noronha, após denunciar falhas do departamento de recursos humanos no setor de emergência. Noronha também responsabilizou a diretoria-geral do hospital pela não renovação de vários contratos de médicos que terminaram recentemente.

Triste, mas é a dura realidade imposta pelo PMDB em nosso estado. Um partido compromissado única e exclusivamente com o grande capital. 

Sigamos firmes na nossa luta e na nossa esperança em dias melhores.

Siga@robsonleite no Twitter
Acompanhe pelo Facebook
Robson Leite no Instagram

Médicos do Hospital Federal de Bonsucesso divulgaram uma carta aberta à população na qual denunciam as condições precárias de funcionamento e atendimento da unidade. Várias regularidades são apontadas como falta de médicos e má gestão.

Na carta, os profissionais criticam a demissão do diretor da Divisão de Emergência do hospital, Julio Noronha, que denunciou falhas do departamento de recursos humanos no setor de emergência.

O Cremerj , Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro, confirmou a situação preocupante de vários hospitais federais do Rio de Janeiro, entre eles o Hospital Federal de Bonsucesso e o Hospital Federal de Andaraí.

Ainda segundo o conselho, outro fato preocupante é a falta de profissionais. O último concurso para contratar médicos para a rede federal foi realizado em 2010, e não há previsão para um novo.

Apesar das denúncias, o Ministério da Saúde afirma que os hospitais federais do Rio de Janeiro estão funcionando normalmente, com quase 5 mil médicos contratados pela rede e sem problemas de abastecimento.

Ao contrário do que o Cremerj e dos médicos, o ministério afirma que o atendimento das unidades de emergência dos hospitais federais aumentou.

Fonte: Brasil de Fato

Comments

comments