Amanhã (13/12) será votado na Alerj o projeto de Lei 2.242/16, que prevê o aumento das alíquotas do ICMS.

Hoje, manifestantes realizam um novo ato contra o pacote de austeridades do governo estadual. A PM montou barreiras de homens nas ruas de acesso à Alerj e faz revistas em todos os que passam. Cerca de 700 policiais militares fazem um perímetro e cercam todos os lados da manifestação. Um triste retrato que demonstra bem o que é o Governo do PMDB: a absoluta ausência da participação popular em suas decisões.

Lastimável situação que insistimos em denunciar, pois há caminhos diferentes para sair dessa crise: ao invés de ir à origem dos problemas fiscais do Estado, ou seja, nas isenções fiscais superiores a R$ 136 bilhões concedidas sem critérios e sem nenhuma contrapartida para quem vive no RJ, o Governo escolhe cobrar a cota de sacrifício dos servidores e do povo do RJ.

Não aceitamos que a conta seja paga pela classe trabalhadora do RJ.

#TodoApoioAosServidoresdoRJ
#ForaPezão
#ForaPMDB

Acompanhe a nossa luta curtindo a nossa página.

E vamos juntos construir um novo amanhã no Rio.

Comments

comments