Quando fui Deputado Estadual, apresentei, em fevereiro de 2011, o meu primeiro Projeto de Lei, nº 61/2011, que garante a participação popular na elaboração, definição e acompanhamento da execução do plano plurianual das diretrizes orçamentária e do orçamento anual do estado. Infelizmente, este PL ainda  não foi aprovado na ALERJ.

Os setores conservadores não têm interesse em garantir uma democracia direta e colocar em discussão o orçamento do estado, para que a própria população possa definir quais são as prioridades.

Precisamos continuar pressionando pela aprovação do Orçamento Participativo Estadual!

Comments

comments